No Outubro Rosa, Gina faz um movimento a favor da vida!

Representado por um laço cor de rosa, o Outubro Rosa é o movimento a favor da prevenção do Câncer de Mama.

Criada nos Estados Unidos, em 1990, esta campanha atingiu o mundo todo, mobilizando empresas e pessoas de todos os setores.

Nós, da RELA S/A Indústria e Comércio, conhecidos nacionalmente por Gina, também abraçamos essa causa, e para incentivá-la, realizamos neste mês, um dia de atividades voltadas à saúde dos nossos colaboradores.

Em parceria com as equipes de Estratégia da Saúde da Família das UBS’s Homilton Pereira Resende e Odelmo Leão Carneiro, foram disponibilizados exames ginecológicos de prevenção; testes rápidos de Glicemia, Sífilis, HIV e Hepatites B e C; avaliação bucal e orientações sobre a prevenção e diagnóstico precoce dos cânceres de mama e colo do útero.

Durante o Outubro Rosa, as mulheres são incentivadas a incluírem na sua rotina, o autoexame da mama, com o intuito de reconhecerem qualquer alteração nos seios, o que pode ser um sinal de alerta.

A detecção inicial da doença, cria grandes possibilidades de tratamentos bem sucedidos, e consequentemente, maiores chances de cura. Por isso o autoexame é essencial, mas não é o único.

É aconselhável que a mulher consulte o ginecologista anualmente para fazer os exames preventivos, receber orientações sobre qual é o método mais adequado para detectar um possível câncer nas mamas e se for o caso, ser encaminhada para um mastologista.

Você sabe quais os tipos de exames específicos para detecção? A mamografia de rastreamento e a mamografia diagnóstica, que são indicados de acordo com a idade e a saúde da mulher, e somente o profissional tem conhecimento para encaminhá-la para um ou outro.

Segundo informações do Instituto Nacional de Câncer, “a maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres”, então, fique atenta, dedique-se a si mesma, e se dê a chance de lutar contra o câncer de mama.

Juntos, podemos vencê-lo!

Para mais informações sobre o câncer de mama, sintomas, prevenção e detecção, acesse o site do Instituto Nacional de Câncer.